SAUDADE – LUGAR ONDE VIVI POR 25 ANOS *Por Flavia Suano de Carvalho

 

 

Quando cheguei nesta cidade, tinha apenas dois anos de idade, inocente, frágil, com meu irmão mais velho e meu pai biológico, estávamos em um lugar onde não conhecíamos ninguém era somente nós três, mas talvez meu pai sabia que aquela cidade seria o melhor lugar que um dia eu iria morar, nasci com lábio leporino e este lugar era e ainda continua sendo para mim o único centro de referencia nestes casos apesar de já ter outros centros espalhados pelo país também com essa especialidade.

Logo depois conheci um casal que me acolheu de braços abertos, e dai nascia um amor incondicional, desde então já não conseguia me ver longe deles, meus pais adotivos, minha base ah quanta saudade! Mas continuando em falar deste lugar, conheci pessoas maravilhosas, outras que me ensinaram a ler e escrever, e alguns que me fizeram refletir sobre alguns momentos. Ah os amores! Alguns secretos, outros que somente em dar as mãos já mexia com o meu dia, e quem diria que os vi depois de tanto tempo e ainda senti aquele arrepio, mas já estava de compromisso com outra pessoa. Amigos que deixei neste lugar são tantos que não lembraria de todos, mas sempre há aqueles que marcam nossa historia. Que moça bonita, morena de olhos pretos, cabelos negros e compridos, minha confidente, minha amiga, quanta saudade! Mas você sempre estará aqui nos meus pensamentos, ainda vamos nos encontrar novamente como da ultima vez, quando disse que eu ira embora você imediatamente me falou CALMA VAMOS MARCAR UM ENCONTRO!. E neste encontro me lembro muito bem, falamos sobre tudo, tudo mesmo! Falei da minha vinda para o Norte, e você indagou mas por quê? Infelizmente deixamos nossos lares, e temos que seguir em frente para buscar outras oportunidades. Agora estou aqui sentindo saudades de tudo, da familia, amigos, mas tem coisas que temos que buscar por algo melhor para nosso bem, que não podemos viver presos em uma bola de cristal, isso é ridiculo!

Foi nesta cidade que me criei e me tornei uma pessoa melhor, foi nesta cidade que me acolheu de uma forma especial, diante de tantos problemas que cheguei devagarinho, e depois me vi rodeada de pessoas que tive o prazer de conhece-los, é claro que um dia vou voltar nesta cidade e vou me emocionar novamente e ver que la naquele parque com os seus lindos Ipês eu brincava sem parar e voltava para casa encharcada de barro, como era gostoso. É sempre bom a gente viver esta nostalgia, para poder contar aos nossos filhos e netos o quanto a gente era feliz naquele lugar.

Para terminar quero agradecer por tudo que este municipio do interior de São Paulo fez por mim, esta cidade que me deu a oportunidade de descobrir o verdadeiro sentido do amor, foi lá que conheci uma familia, foi lá que estudei e me formei e será la que irei retornar sempre que puder. Essa saudade que hoje me machuca, um dia vai passar a gente vai acostumando ai quando se vê a gente tambem ja nao consegue viver longe de onde estamos.

                                           Bauru – Interior de São Paulo

 

 

 

 

Flavia Suano de Carvalho

Formada em Administraçao de Empresas

Membro do Ideiando.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Nome *
Email *
Site